Conscientização da Sombra

Conscientização da Sombra

A Conscientização da Sombra Inconsciente através da Meditação

Nós ocultamos nos recônditos de nossa psique tudo que é rejeitado pelos padrões sociais e por nós mesmos, aquilo que é definido como contrário a moral, os tabus e normas não aceitos pela sociedade e por nós mesmos, ou seja, a “sombra” escondido dentro de cada um de nós. O inconsciente é povoado com estas criações mentais reprimidas (boas ou más) que precisam ser integradas com o ego consciente.

Existe também material da sombra extremamente positivo formado por capacidades inconscientes e muitas vezes projetado nas pessoas que admiramos. Integrar a sombra em nossa psique é uma tarefa difícil, mas que trará libertação e felicidade.

Como usar a meditação para integrar a sombra?

Inicialmente você deve meditar assumindo a existência de um eu separado que se desidentifica com seus pensamentos e sentimentos que normalmente aparecem durante a meditação. No processo de observação interior, em pouco tempo você começa a perceber que não é os seus pensamentos e suas emoções. Uma espécie de “Observador Oculto” começa a se desenvolver e a percepção de que temos emoções e pensamentos, mas não somos esses processos mentais vai ficando cada vez mais nítida.

A sombra revela os traços da nossa psique que não aceitamos e acabamos projetando no exterior e provavelmente vendo-a em outras pessoas e eventos, portanto o meio ambiente dispara a reação psicológica de projeção, mas não causa a projeção da sombra.

As consequências em não reconhecermos a nossa sombra e de projetá-la são: ver o “mal” nos outros constantemente, projetar a sombra no corpo causando enfermidades, evitando assim, a nossa evolução.

Depois de um bom treino com a meditação, conseguimos estar mais conscientes na nossa vida diária, ou seja, através da meditação aprendemos a ficar mais atentos as projeções e reações inconscientes.

Num estágio mais avançado da meditação, percebemos que não existe um “Eu” separado que observa o mundo, mas nós somos Um com o Todo, ou seja, não existe separação entre o Observador e o Observado, mas uma Unidade Cósmica.

Quanto mais consciente nós somos, mais realizados e livres nos tornamos, e a meditação pode ser um instrumento poderoso para realizar esse caminho.

“Somos escravos de tudo que ignoramos e livres de tudo que conhecemos”

**********************************************************************

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *